Observatório Ítaca

De olho no mundo, com a boca no trombone

Estados Unidos


Os Estados Unidos, centro de todo poder mundial politicamente e economicamente pertencente à América do Norte, sendo o quarto maior país de área total do mundo, composto por 50 estados e ocupa o terceiro lugar em população. O país se limita com o Canada e com o México, e está entre o Oceano Atlântico e Pacífico.

Os EUA é uma república constitucional, tendo um governo regulado por um sistema de separação de poderes: Poder Legislativo, Poder Executivo e Poder Judiciário. O governo é laico e garante a livre escolha da religião segundo a Constituição, abrangendo diversas culturas e etnias que vem do mundo inteiro, como resultado de grande imigração.

O país já desenvolvido e forma a maior economia nacional do mundo, que segundo dados de 2011 ocupa 19% do PIB mundial.

Porém, apesar do país ser a grande potência econômica do mundo, não significa que não há problemas a serem solucionados nacionalmente.Desde que George W Bush deixou seu cargo presidencial, há um progresso em mover a economia do país para que se recure da pior crise, ocorrida na Grande Depressão. Ao decorrer do tempo, algumas mudanças foram feitas, mas nem sempre sendo positiva. O número de desempregados diminuiu ao passar dos anos, e como revela uma noticia americana, “a taxa oficial de desemprego baixou de 10% em outubro de 2009, para 7,5% em abril”. Mas, apesar disso os trabalhadores não tem uma condição de vida considerada boa, pois sua renda é muito baixa. O país apresenta uma grande desigualdade social, onde 1% possui 38% da riqueza e 60% tem 2.3%.

Mesmo assim, os Estados Unidos tem muito poder, com estratégias politicas e econômicas que fizeram e ainda fazem ser muito influente no mundo todo.A partir de diversas alianças, tratados, propostas de algum tipo de relações com outros países, os Estados Unidos visa sempre um interesse, o qual varia de acordo com cada país que se estabelece. Porém, assim como vários outros países, os EUA tem como principal finalidade expandir sua economia com investimentos em outros locais, como mostra por exemplo a relação que foi estabelecida com a Angola afim de expandir significativamente os investimentos na economia angolana.

 

Relações Internacionais Diplomáticas

Azul: estados unidos

Verde: relações diplomáticas

Vermelho: não tem relações diplomáticas formais

Amarelo: áreas disputadas

(dados de 2012)

 

Os Estados Unidos e o Reino Unido compartilham da maior parceria de investimento direto estrangeiro do mundo. O investimento americano no Reino Unido chegou a 255,4 bilhões de dólares em 2002, enquanto o investimento direto britânico nos Estados Unidos totalizou 283,3 bilhões de dólares.

O Canadá é o maior parceiro comercial e o principal fornecedor de petróleo dos Estados Unidos, entre 75% e 85% do comércio canadense é feito com os americanos. Além disso, há também  uma grande colaboração militar entre os dois países, que começou durante a segunda guerra mundial e se estendeu durante a guerra fria, através da OTAN.

Além de ter relações com a OTAN, Canadá e Reino Unido, tem também com Australia, Israel, Japão, Coreia do Sul, e Taiwan.

Alianças:

As alianças são um tipo de relação estabelecida por um país com outros, como forma de atingir seus interesses/objetivos. Uma das mais conhecidas é a OTAN.

Os Estados Unidos é um participante fundador da Organização do Tratado do Atlântico do Norte (OTAN), a qual é a maior aliança militar do mundo, com 28 países componentes. Segundo o site oficial da OTAN, a organização visa promover valores democráticos e incentivar os países a participarem de reuniões onde são tomadas diversas decisões,  e fazer com que todos os países participantes cooperem materialmente na defesa e segurança, construindo confiança entre os vários países, amenizando conflitos. Nos termos da carta da OTAN está escrito que os Estados Unidos são obrigados, caso algum estado-membro da organização for atacado por uma potencia estrangeira, a defendê-los nao importa o que estiver em disputa. A OTAN é restrita às áreas norte americanas e europeias.

Azul escuro: Estados-membros da OTAN, incluindo suas colônias e possessões ultramarinas

Azul roxo: Principais aliados extra-OTAN, além da República da China (Taiwan)

Azul claro: Signatários da Associação pela Paz com a OTAN

(dados de 2007)

 

Thayná Aldrighi, Thaís Naletto e Luiza Imagure.

Anúncios

Deixe sua réplica

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em junho 4, 2013 por .
%d blogueiros gostam disto: